Últimas notícias

Actividades Cap

FALECEU FRANCISCO LINO

há 14 horas atrás

Com pesar, informamos que desapareceu Francisco Lino, fundador da ALA e da CAP. O funeral realiza-se hoje, 21 de Junho, pelas em 16 horas, em Salvaterra de Magos

A Confederação dos Agricultores de Portugal lamenta noticiar o desaparecimento de um dos seus fundadores, o engenheiro agrónomo Francisco Lino. Homem de coragem e determinação, foi um elemento chave na formação em Maio de 1974 da ALA – Associação Livre de Agricultores, ao lado de Rosado Fernandes, Fernando Caldeira, José Maria Queiroga, José Maria Barroso, Henrique Mira Coroa e Fernando Mira Barros, organização que serviria de base à constituição da CAP no ano seguinte. Firme na sua defesa da agricultura portuguesa, Francisco Lino integrou ainda o Governo de Francisco Sá Carneiro (1980-1981), na equipa do Ministério da Agricultura e Pescas de António Cardoso e Cunha, onde desempenhou o cargo de Secretário de Estado do Comércio e Industrias Agrícolas. A CAP apresenta sentidas condolências à sua família. O funeral realiza-se hoje, pelas em 16 horas, em Salvaterra de Magos.
Agricultura e Floresta
Governo reconhece Agrupamentos de Produtores Multiproduto
há 1 dia atrás

Portaria nº 123/2021 estabelece o regime de reconhecimento de agrupamentos de produtores multiprodutos, designadamente de produtores detentores do estatuto de agricultura familiar, que produzam em modo de produção sustentável, ou de produtos locais certificados.

Portaria nº 123/2021 estabelece o regime de reconhecimento de agrupamentos de produtores multiprodutos, designadamente de produtores detentores do estatuto de agricultura familiar, que produzam em modo de produção sustentável, ou de produtos locais certificados.

Agricultura e Floresta
Quando é que testes COVID são obrigatórios nas explorações agrícolas?
há 4 dias atrás

A orientação da DGS, publicada a 16 de Junho, recomenda testagens periódicas apenas nas explorações agrícolas em concelhos com incidência cumulativa a 14 dias superior a 120/100.000 habitantes.

A orientação da DGS, publicada a 16 de Junho, recomenda testagens periódicas apenas nas explorações agrícolas em concelhos com incidência cumulativa a 14 dias superior a 120/100.000 habitantes.